DDD – Além do código

Olá, tudo bem? Você já parou para pensar que um software bem escrito e útil não é tudo? Isso pode soar estranho a princípio, mas não se preocupe, no decorrer deste post explicarei melhor o que isso significa  😉

Produzindo conhecimento

Em muitos casos, quando iniciamos o desenvolvimento de um software, recebemos de um especialista do negócio as funcionalidades que o sistema deve possuir, construimos elas, mostramos o resultado e iniciamos o ciclo novamente.

Mas qual o problema em realizar este ciclo se estamos entregando algo que funciona e é bem escrito?

O problema é que, se os desenvolvedores não estiverem extremamente próximos aos especialistas, eles deixam de acumular conhecimento.

Quando trabalhamos desta forma, nós, desenvolvedores, aprendemos somente o que o software deve fazer e não os princípios existentes por trás dessas funcionalidades.

Pense nos sistemas que você já desenvolveu: quantas vezes aquela “telinha de cadastro”, que o cliente precisava, não possuía uma profundidade bem maior por trás? Quantas vezes essa descoberta não te fez pensar que, apesar de funcionar, se você tivesse conhecimento dos princípios que motivaram está solicitação, seria possível entregar algo bem mais rico e valoroso para o negócio? Que esses insights, produzidos pelo conhecimento dos princípios do negócio, tornariam possíveis ao desenvolvedor produzir algo que agregasse um valor ainda maior na próxima entrega?

Quando nós não nos preocupamos em acumular conhecimento e estarmos próximos dos especialistas, trabalhando de uma forma iterativa com feedbacks constantes, deixamos de criar um software poderoso, isto é, que possua recursos valiosos para o negócio, permitindo que novos insights aconteçam e novas funcionalidades, cada vez mais importantes, sejam desenvolvidas.

Quando iniciamos o desenvolvimento de um software, precisamos ter isto em mente. O desenvolvedor não pode ser mais aquele estereótipo de profissional antissocial que não gosta de interagir com as pessoas. Precisamos ter uma comunicação intensa com os especialistas de domínio, sendo assim, não podemos mais ver software somente como código, pois já que as soluções que desenvolvemos são para pessoas, precisamos humanizar este processo.

Essa humanização é fundamental para identificarmos a real complexidade de um software e como podemos entregar o menor produto viável para o negócio.Portanto fica claro que este é um tema  que demanda  tanta atenção e cuidado quanto o momento da criação de código.

Humanizando seu domínio

Você quer entender melhor o que é o DDD e seus princípios que vão além do código?

No dia 26/09 estarei participando e de um Cast junto com o André Baltieri, Yan Justino, Robson Castilho e José Roberto Araújo, onde falaremos sobre como Humanizamos nosso domínio. Convido todos a participarem! Se inscreva no link, é gratuito!

Cast – Humanizando seu Dominio

 

 

 

 

Anúncios
Postado em DDD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s